Drakeîn

rmfox
Miranda — Richard Moult, 2005.

“Abertura e simplicidade,
afetos às claras.
Nada por ocultar
aos olhos da consciência.”
~ Abelard Gregorian, Transparência.

Uma das formas pela qual a realidade divina se expressa é pela arte. A arte do belo e do natural expressam as forças divinas de forma sem igual, em sua sonoridade ou paisagem misteriosa, aberta àqueles que andam o Caminho dos Mistérios Sussurrados (Rūnō Wɪð).
Aqui serão publicadas algumas obras que sussurram para nós alguns destes mistérios. Saiba Ver e Ouvir… Continuar lendo “Drakeîn”

Raízes Pagãs Celtibéricas e Autóctones de Pindorama

A Bela e a Fera -- Úlfgangr, 2017
A Bela e a Fera — Úlfgangr, 2017

“E vós, formosas mouras encantadas,
Na noite de S.João ao pé da fonte,
Áureas tranças com pentes de ouro fino
Descuidadas penteando
enquanto o orvalho
Nas esparsas madeixas arrocia
E os lindos anéis de perlas touca.”
— D. Branca, Almeida Garrett

As lendas sobre bruxas montadas em animais têm sua origem nos ritos extaticos do passado paleolítico, como já dissemos. O voô rápido é uma técnica real utilizada ainda hodiernamente nos pactos da Arte Sem Nome. Os arcanos para esses ritos se escondem em poemas, feitiços, poções, músicas e pinturas. Remetem à Caçada Selvagem e ao Casamento Divino já tratados aqui. Por diversas civilizações vemos rastros e pegadas de nossos daimones e dos sabbats.
No norte de Portugal temos Continuar lendo “Raízes Pagãs Celtibéricas e Autóctones de Pindorama”

Desafio: Operação Licantropo

Desafio: Operação Licantropo

Compartilho aqui algumas obras que se alinham com a essência deste espaço, por envolver o culto ao Deus Caçador Selvagem, o resgate de nossa natureza inegável de caçadores-coletores, herança do Paleolítico. A primeira obra é um texto de Paul Waggener, do grupo Operation Werewolf que assume uma postura dissidente e nietzschiana, por assim dizer. Também prestam culto ao Deus Lupino, o que nos é propício. Resolvi publicar a tradução deste texto agora em Março devido ao Equinócio que marca o florescimento ou frutificação da estação que anuncia o surgimento do Herói, assim como o advento da Deusa raptada como um fogo divino. É o Início do nosso novo Anno. A obra seguinte é uma seleção de músicas para meditação do projeto Paleowolf.
~ Petros Sirius

aries_constellation_painting__zodiac_set__by_shootingstarlogbook-d7vwioc


Desafio de Março

Começaremos este mês expandindo nossa prática de meditação. Continuando a nossa disciplina de reservar tempo, vamos aumentar de 5-10 minutos por dia para 10-15 minutos.
Durante este tempo, vamos levar alguns minutos para simplesmente relaxar e monitorar a nossa respiração e assim por diante, mas este mês, depois de fazer isso, vamos realizar alguns exercícios para aguçar a mente para a nossa próxima fase.

Continuar lendo “Desafio: Operação Licantropo”